Coronavírus: como minimizar os impactos da pandemia na sua loja

A pandemia do COVID-19 declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) provocou impactos importantes na economia, principalmente sobre os pequenos negócios. 

Além de manter a saúde e bem-estar da equipe e clientes, os lojistas estão enfrentando mais um problema: manter a saúde da sua loja.

Para nós, do Grupo Elian, não existe nada mais importante do que as pessoas. Além de todos os cuidados necessários com a saúde, queremos manter uma economia equilibrada e ajudar nossos clientes.

Confira, no Crescer com Elian, dicas de como minimizar os impactos do Coronavírus na sua loja!

 

Minha loja está fechada, e agora?

Diversos estados e municípios publicaram decretos que suspenderam ou regulamentaram o funcionamento de alguns estabelecimentos, como o comércio em geral. Assim, além de academias, shoppings e restaurantes, as lojas de roupas também precisam fechar.

E o que fazer nesse momento para minimizar os prejuízos da sua loja? Confira algumas dicas do que pode ser feito para continuar mantendo o faturamento!

 

Crie um serviço de delivery de compras

Com muitas pessoas em casa ou trabalhando home office, agora é a hora de você pensar em uma estratégia de delivery para compras. Assim, seus clientes podem comprar em casa e você continua faturando, mesmo com a loja fechada.

©rosebox

O atendimento para a venda pode ser feito no WhatsApp ou Instagram, por exemplo, e deve ser o mais rápido e prestativo possível, informando aos clientes sobre tamanhos, medidas das peças e todas as informações necessárias para fechar a venda. 

 

É IMPORTANTE LEMBRAR! Seja a entrega feita por você, por algum serviço de motoboy ou funcionário, é essencial estar atento às medidas de segurança, como evitar contato físico (aperto de mãos, abraços) e sempre higienizar as mãos após contato com dinheiro, cartões de crédito, etc.

 

Intensifique o conteúdo nas redes sociais! 

Para que o serviço de delivery dê certo, é essencial que você redobre os posts nas suas redes sociais.

Faça promoções específicas para as redes sociais, vídeos com os diferenciais dos produtos, monte alguns looks para gerar o desejo de compra nos clientes. 

Pense que as redes sociais, neste momento, estão abarrotadas de conteúdo, então você precisa criar posts criativos e atrativos para chamar a atenção do seu público.

©Kate Torline

Outra boa estratégia é utilizar as redes sociais para focar no bem comum da sociedade, conscientizando os seus clientes sobre os hábitos de higiene e como prevenir o vírus, ou até mesmo dando dicas de como trabalhar Home Office, ou do que fazer em casa para amenizar a ansiedade.

Esse tipo de conteúdo não só irá atrair a atenção do seu público, mas também irá fidelizá-los por mostrar que o seu negócio se importa com a saúde física e mental dos seus clientes.

 

Ofereça vale-compras

O seu cliente não quer comprar de forma virtual ou por delivery? Então é hora de você oferecer um vale-compras para ser utilizado quando tudo normalizar e a sua loja abrir novamente. Assim você consegue fazer o dinheiro entrar no caixa da sua loja agora, mesmo sem vender o seu produto diretamente.

 

Fique atento: tanto para o voucher, quanto para o vale-compras, é importante analisar de que forma esses serviços serão oferecidos ao cliente para não simbolizar uma oportunidade de lucrar com a organização. Neste momento, mais importante que as vendas, é o bem-estar da população.

 

Presenteie clientes especiais com um voucher 

Você também pode utilizar desse momento para estreitar o seu relacionamento com os clientes já fidelizados. Para consumidores que compram com frequência na sua loja, ofereça um voucher de desconto ou em valor de compras, para incentivar a compra por delivery e também aumentar a confiança com o seu público.

 

Ações de curto prazo para a crise do COVID-19

A crise chegou inesperada e terá muitos impactos na economia do mundo todo. Com o COVID-19, é prevista uma queda de 6% no PIB global no segundo trimestre e é possível ser ainda maior no Brasil. Porém, algumas ações podem lhe ajudar a minimizar os danos dos próximos meses. 

 

  • Analise e projete qual será os prejuízos da sua loja nos meses de abril, maio e junho, além de pensar em um panorama para o ano todo.
  • Seja realista. Neste momento, ser realista com os prejuízos é a melhor saída para começar a pensar nas estratégias para minimizar os impactos. Não seja pessimista, nem otimista demais.
  • Estava com alguma contratação em vista? Então espere mais um pouco, até tudo se normalizar e você conquistar novos clientes.
  • Revise as despesas da sua loja e veja o que pode ser feito para diminuir todos os gastos. Se necessário, já converse com os fornecedor para prorrogar prazos e valores.
  • Reveja os impostos! O governo está com alguns incentivos fiscais de pagamento. Prorrogações de pagamento de Simples Nacional e FGTS para o próximo trimestre. 
  • Não se desespere e não demita funcionários. Lembre que construir uma boa equipe de vendas é um grande desafio e, quando tudo normalizar, você precisará de uma ótima equipe. Ao invés disso, coloque o maior número possível de funcionários de férias.

 

Planeje um novo cenário

Infelizmente, as projeções que você fez no começo do ano não serão mais válidas para os próximos meses. Agora é importante você voltar ao seu planejamento inicial e lidar com os fatos. A nova realidade será, pelo menos, 10% menor do seu último orçamento. 

Faça um revisão do seu o fluxo de caixa e o projete para os próximos 6 meses, considerando um cenário realista.

©Glenn Carstens-Peters

Pode ser que o caixa até fique negativo, mas é preciso já focar em estratégias para ter uma boa recuperação. 

O governo, junto com a Caixa Econômica e Banco do Brasil, liberou para as micro e médias empresas empréstimo a juros baixo, além dos impostos que foram prolongados o vencimento. Procure a sua contabilidade para maior esclarecimento.

Com paciência e planejamento, iremos juntos voltar a crescer novamente.O Grupo Elian é parceiro dos nossos clientes e, por isso, estaremos à disposição para ajudar e atender prontamente todas as solicitações dos nossos parceiros, além de buscar as melhores alternativas para mantermos todos seguros.

 

Qualquer questão entre em contato com a nossa equipe.

Conte com a gente!

 

Avatar

Escrito por Grupo Elian

Há quase 03 décadas vestindo crianças, adolescentes e adultos com roupas de qualidade, estilo e muito conforto. O Grupo Elian é responsável pelas marcas Elian, Elian Beats, Colorittá e Marialicia, presente em todo o Brasil e também no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *