PIX: como o novo método de pagamento funciona para o lojista?

Assim como você busca fornecedores com os melhores prazos e métodos de pagamento, os clientes da sua loja podem ser fidelizados pelo mesmo atrativo.

O PIX surge como o novo método de pagamento que promete revolucionar a forma como os consumidores fazem suas transações, oferecendo mais velocidade e disponibilidade.

E se engana quem pensa que os benefícios são apenas para o usuário final. Confira agora, no Crescer com Elian, como o Pix pode beneficiar o seu negócio!

 

O que é PIX?

O que você conhece por pagamentos digitais? TED, DOC, cartão de crédito, boleto? 

Esses são os mais comuns, ou pelo menos eram até novembro de 2020.

No dia 16 de novembro de 2020, o Banco Central lançou oficialmente o PIX, um novo método de pagamento gratuito na maior parte dos casos, mais barato para pessoas jurídicas, instantâneo e que funciona 24 horas por dia, todos os dias – incluindo finais de semana e feriados.

O PIX vem para inovar a forma como os consumidores fazem pagamentos. Meios como DOC, TED e boleto possuem limitações, seja o prazo para processamento, nas taxas envolvidas, ou no horário e nos dias de funcionamento.

©Naipo.de

Um TED, por exemplo, tem o valor compensado no mesmo dia, porém a transferência precisa ser efetuada entre 06h30 e 17h. Transações fora desse horário ou em fim de semana e feriados serão automaticamente agendadas e realizadas no próximo dia útil.

Com o PIX, a ideia é eliminar tudo isso, possibilitando às pessoas e empresas fazer transações em menos de 10 segundos, usando apenas aplicativos de celular através de uma chave cadastrada (que pode ser o CPF, CNPJ ou telefone, por exemplo) ou um QR Code.

 

Por que aderir ao PIX como forma de pagamento?

O PIX é uma novidade e novidades podem assustar os usuários.

Porém, é uma novidade que agrada cada vez mais os brasileiros. Aos poucos, o novo método de pagamento ganha novos adeptos que se sentem seguros ao fazer uma transação.

E para o lojista? Como funcionam os pagamentos por PIX? Podemos listar várias vantagens em utilizar o método na sua loja de roupas:

 

  • Para o lojista, faz diferença o pagamento cair na conta em poucos segundos. É mais fácil do que cobrar no boleto, por exemplo.
  • Os custos das transações são menores do que de outros meios de pagamento. O Nubank, inclusive, oferece Pix gratuito para clientes da conta jurídica.
  • O pagamento fica mais fácil, ágil e mostra ao seu cliente que você traz diferentes formas de pagamento para ele escolher qual mais lhe agrada.
  • Fica muito mais fácil controlar o fluxo de caixa com a entrada de dinheiro em tempo real na conta.
  • Pagamentos aos fim de semana ou feriados (principalmente nas lojas online) também são instantâneos.
  • Inclusive nas lojas online, por o pagamento ser processo mais rápido, o cliente recebe o produto mais rápido (melhorando o relacionamento com os consumidores).
  • O lojista também poderá utilizar o PIX para fazer pagamento de fornecedores, tributos e folha de pagamento dos funcionários, evitando taxas.
  • Elimina a necessidade de uma maquininha de cartões.

Com tantas vantagens, o PIX se torna ainda mais atrativo para os lojistas, deixando os negócios online e offline mais fáceis, rápidos e dinâmicos.

 

PIX na sua loja: Existem desvantagens?

A maior desvantagem relacionada ao PIX ainda refere-se à falta de conhecimento e de segurança do público sobre o novo método de pagamento.

©Jonas Leupe

Vale levar em consideração que o método é mais utilizado entre pessoas físicas para fazer transferências – cerca de 92% – o que indica que os estabelecimentos comerciais (que usam outros métodos como o QR Code) ainda utilizam pouco a novidade.

Pesquisa da Stone feita com 1.065 mil lojistas de todas as regiões do Brasil entre 4 e 6 de novembro de 2020, aponta que 37% dos empreendedores se sentem inseguros em relação ao Pix, principalmente sobre segurança, usabilidade, funcionalidades e custos.

As dúvidas em relação às tarifas, principalmente porque cada banco tem o seu próprio modelo de cobrança, são uns dos principais motivos para que os lojistas não ofereçam o PIX como forma de pagamento.

Além disso, existe o fato de que os brasileiros ainda não estão familiarizados com pagamentos através de QR Codes – é só voltar alguns anos no tempo para lembrar que fazer pagamentos através da câmera do celular era algo impensável. 

 

O veredicto sobre o PIX

Os pagamentos digitais estão cada vez mais presentes na vida dos brasileiros. De acordo com a Mastercard, os pagamentos digitais hoje representam 30% do total no Brasil, mas crescem a uma velocidade 2,5 vezes superior do que os físicos. 

©Markus Winkler

Ou seja, é questão de tempo até que eles ultrapassem os pagamentos presenciais.

E o que isso significa? que pagamentos via QR Code, apontando o smartphone ou smartwatch para a máquina de cartão e o PIX serão cada vez mais utilizados nos estabelecimentos.

O PIX é rápido, prático e facilita a vida tanto dos consumidores, quanto dos lojistas. Temos que levar em consideração que muitos clientes ainda irão preferir outros meios de pagamentos – como cartões e dinheiro – porém muitos também irão dar preferência ao PIX, principalmente o público mais jovem.

Assim, o PIX é sim um ótimo método para implantar na sua loja. Mas, como desafio, você deverá divulgar e educar seus clientes a fazerem pagamentos de um jeito que eles se sintam seguros e que mostre todos os seus benefícios. Um vídeo ensinando como usar o PIX é uma ótima ideia para isso!

E você, já inseriu o pagamento por PIX na sua loja? Compartilhe com a gente!

 

Avatar

Escrito por Grupo Elian

Há quase 03 décadas vestindo crianças, adolescentes e adultos com roupas de qualidade, estilo e muito conforto. O Grupo Elian é responsável pelas marcas Elian, Elian Beats, Colorittá e Marialicia, presente em todo o Brasil e também no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *